Montagens Lena Sacchetto - Natureza by Slidely Photo Gallery

terça-feira, 31 de maio de 2011

domingo, 15 de maio de 2011

Flashdance












Flashdance é um filme estadunidense de 1983, do gênero romance musical, realizado por Adrian Lyne. O filme foi produzido por Jerry Bruckheimer e Don Simpson, e se tornou o terceiro filme mais assistido naquele ano  e também um dos mais conhecidos da década de 1980, com diversas de suas cenas sendo homenageadas nos anos seguintes.
Uma jovem de garra e talento não mede esforços para realizar o sonho de se tornar uma bailarina. Para isso, durante o dia, ela trabalha como operária e à noite trabalha como dançarina em discotecas. No decorrer do filme, ela se envolve com seu chefe, Nick, e prepara-se para se candidatar a uma escola de dança de prestígio.


Oscar 1984 (EUA)
  • Venceu na categoria de melhor canção original (Flashdance... What a Feeling).
  • Indicado nas categorias de melhor fotografia, melhor edição, melhor canção original (Maniac) e melhor trilha sonora.



Globo de Ouro 1984 (EUA)


  • Venceu nas categorias de melhor trilha sonora - cinema e melhor canção original- cinema (Flashdance...What a Feeling).
  • Indicado nas categorias de melhor filme - comédia/musical, melhor actriz - comédia/musical (Jennifer Beals)e melhor canção original (Maniac).



BAFTA 1984 (Reino Unido)


  • Venceu na categoria de melhor edição.
  • Indicado na categoria de melhor trilha sonora, melhor som e melhor canção original (What a Feeling).



Grammy 1984 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor banda sonora de um filme ou programa de TV.


    sábado, 14 de maio de 2011

    Indiana Jones












    Indiana Jones é um personagem criado por Steven Spielberg e George Lucas e vivido por Harrison Ford, e é o protagonista de diversos filmes, jogos de computador e até uma série de televisão.
    Henry Jones Júnior é um indivíduo com vida dupla: além de um pacato professor de Arqueologia, é um aventureiro destemido e pouco convencional, que usa uma pistola, um chicote e um inseparável chapéu e é mais conhecido por Indiana, apelido tirado do nome do cão que tinha quando criança (na vida real, o cão pertencia a George Lucas). A maioria de suas aventuras ocorre na década de 1930. No primeiro e terceiro filmes, o herói enfrenta forças nazistas que querem se apossar de famosas relíquias judaico-cristãs, a Arca da Aliança e o Santo Graal, respectivamente, com o intuito de utilizar seus poderes para o mal. O segundo filme ambienta-se na Índia, então colônia britânica, e mostra o arqueólogo em busca das Pedras de Sankara. No quarto filme, ambientado em 1957, Indiana tem que impedir que a lendária Caveira de Cristal de Akator caia nas mãos de agentes soviéticos.

    sexta-feira, 13 de maio de 2011

    Love Story









    Love Story (br: Love Story - Uma História de Amor / pt: Love Story - História de Amor) é um filme estadunidense de 1970, do gênero drama, dirigido por Arthur Hiller e com roteiro de Erich Segal.
    Um jovem de família muito rica e estudante de Direito conhece e se apaixona por uma estudante de música e acabam se casando algum tempo depois. Porém, o pai do rapaz não aceita a nora, por ela ser uma moça de família humilde, e acaba deserdando o filho. Algum tempo depois, a moça tenta engravidar e não consegue; vai então fazer exames e descobre que está gravemente doente.


    • Ali MacGraw .... Jennifer Cavalleri
    • Ryan O'Neal .... Oliver Barrett IV
    • John Marley .... Phil Cavalleri
    • Ray Milland .... Oliver Barrett III
    • Russell Nype .... Dean Thompson
    • Katharine Balfour .... sra. Barrett
    • Sydney Walker .... dr. Shapely
    • Robert Modica .... dr. Addison
    • Walker Daniels .... Ray Stratton
    • Tommy Lee Jones .... Hank Simpson
    • John Merensky .... Steve
    • Andrew Duncan .... reverendo Blauvelt



    Oscar 1971 (EUA)
    • Venceu na categoria de melhor trilha sonora.
    • Indicado nas categorias de melhor filme, melhor diretor, melhor ator (Ryan O'Neal), melhor atriz (Ali MacGraw), melhor ator coadjuvante (John Marley) e melhor roteiro original.
    Globo de Ouro 1971 (EUA)
    • Venceu nas categorias de melhor filme - drama, melhor diretor, melhor atriz - drama (Ali MacGraw), melhor roteiro e melhor trilha sonora.
    • Indicado nas categorias de melhor ator - drama (Ryan O'Neal) e melhor ator coadjuvante (John Marley).
    Prêmio David di Donatello 1971 (Itália)
    • Venceu na categoria de melhor ator estrangeiro (Ryan O'Neal) e melhor atriz estrangeira (Ali MacGraw).
    Grammy Awards 1972 (EUA)
    • Indicado na categoria de melhor trilha sonora para cinema.

    domingo, 8 de maio de 2011

    Feliz Dia das Mães!!!!!!!

























    Para Sempre 

    Por que Deus permite
    que as mães vão-se embora?
    Mãe não tem limite,
    é tempo sem hora,
    luz que não apaga
    quando sopra o vento
    e chuva desaba,
    veludo escondido
    na pele enrugada,
    água pura, ar puro,
    puro pensamento. 

    Morrer acontece
    com o que é breve e passa
    sem deixar vestígio.
    Mãe, na sua graça,
    é eternidade.
    Por que Deus se lembra
    - mistério profundo -
    de tirá-la um dia?
    Fosse eu Rei do Mundo,
    baixava uma lei:
    Mãe não morre nunca,
    mãe ficará sempre
    junto de seu filho
    e ele, velho embora,
    será pequenino
    feito grão de milho.
    Carlos Drummond de Andrade

    sexta-feira, 6 de maio de 2011

    Romeu e Julieta








     Filme ítalo-britânico de 1968, do gênero drama, dirigido por Franco Zeffirelli, com roteiro baseado na obra-prima teatral Romeu e Julieta, de William Shakespeare.
    Foi filmado inteiramente na Itália, em diversas locações.
    Em Verona, o jovem Romeu fica apaixonado e é correspondido por Julieta, uma donzela que pertence a uma família rival. No entanto, este amor profundo terá trágicas consequências. Definitivamente,uma história clássica de um amor proibido entre um homem e uma mulher.
    Oscar 1969 (EUA)
    • Venceu nas categorias de melhor fotografia e melhor figurino.
    • Indicado nas categorias de melhor filme e melhor diretor.
    Globo de Ouro 1969 (EUA)
    • Venceu nas categorias de melhor filme estrangeiro em língua inglesa, melhor revelação masculina (Leonard Whiting) e melhor revelação feminina (Olivia Hussey).
    • Indicado nas categorias de melhor diretor e melhor trilha sonora.
    BAFTA 1969 (Reino Unido)
    • Venceu na categoria de melhor figurino.
    • Indicado nas categorias de melhor diretor, melhor ator coadjuvante (John McEnery), melhor atriz coadjuvante (Pat Heywood)

    Voe levando meu agradecimento a todos.

    Voe levando meu agradecimento a todos.

    Volte sempre

    Volte sempre

    Uma Ótima Semana

    Uma Ótima Semana